Em: 8 de julho de 2015

Seja o primeiro a comentar

Compartilhar

Júlio Cesar – Um década de lutas e vitórias

Ele carrega no próprio nome sua principal função. Júlio Cesar Evangelista, pastor na igreja Nova Aliança, em Newark, NJ, veio para os Estados Unidos da América em 2005. Desde então coleciona vitórias e histórias empolgantes e dramáticas. Apesar dos problemas, sua família cresceu em número e graça, em meio a lutas e perseguições. Mas como ele sempre diz, “Deus é bom!”.

Júlio Cesar é carioca e cristão de berço. Descobriu o gosto e talento musical ainda adolescente. Os temas de suas canções são direcionados à edificação espiritual. Ainda no início da juventude já era regente, coordenador técnico e ministro de louvor na Assembleia de Deus de Marechal Hermes. Aos 19 anos conheceu Luciana Gomes, que mais tarde se tornou sua esposa, companheira e braço forte nesse ministério que ainda escreve sua história.

Júlio Evangelista

Quando ainda morava no Brasil, Júlio recebeu uma palavra dizendo que ele sairia de seu país e que pregaria o evangelho a outras nações. A profecia foi recebida, mas a promessa ainda levou alguns anos para se concretizar. Naquela época Júlio Cesar gravou seu primeiro álbum, lançado na própria igreja que frequentava.

Há exatos dez anos, como fruto da parceria firmada entre a igreja brasileira e a americana, Júlio Cesar, Luciana e a pequena Giuliana foram enviados à Flórida, Estados Unidos, onde o ministério internacional tomou forma. Nessa época ele ainda era um evangelista. Morou, inicialmente, em West Palm Beach, Flórida. Foi pastor auxiliar da Assembly of God, de West Palm Beach, onde deu os primeiros passos em seu ministério nos EUA. Lá, a marca mais forte em seu coração foi seu envolvimento com o povo hispano, e o aprendizado da língua espanhola. “Foi uma experiência curta, mas muito intensa e gratificante. Muitas lutas, mas saímos vitoriosos de todas elas”, enfatiza Júlio.

Júlio pastor e família

O passo seguinte foi sua ida à Georgia. Esse Estado tem como ponto forte o racismo profundo e amplo que, inclusive, é falado e cantado há muitos anos pelos negros e imigrantes em geral. “Mas mesmo assim, Deus nos guardou desses sofrimentos. Tivemos muitas lutas ali, mas foi um lugar de aprendizado e muito gostoso de morar!”, conta Júlio Cesar. Ele trabalhou na liderança do ministério de louvor, oração, evangelismo, visitação e pastoreio. Foram oito anos naquele Estado. “Gosto muito de praia, sol, calor e na Georgia morávamos em um condomínio, e todo condomínio lá tem piscina. Ali era um ponto de encontro de amigos e de evangelização.”

Júlio Cesar foi ordenado e consagrado pastor da Igreja Assembleia de Deus no Brasil. Três anos mais tarde seu título foi reconhecido na Assemblies Of God. Ainda no mesmo período recebeu o certificado “International Police Chaplain Minister (ministro de capelania internacional). Naquele ano, 2010, nasceu seu filho caçula, o Daniel.

Entre as dificuldades, Júlio relata: “Uma das coisas que mais marcou nossa vida na América do Norte foi o levante espiritual, uma ameaça constante, tentando nos expulsar daqui. O ponto mais atacado era a documentação. Nunca ficamos ilegais nos EUA, mas o inimigo sempre atacava nossa família nesse ponto. Tivemos muita dificuldade, mas nunca era relacionada a documentos ou dados, mas sempre ligado a pessoas”, ressalta.

Muitas mudanças aconteceram com a família Evangelista nesses dez anos em solo americano. A principal foi sua ida com a família para o estado de New Jersey, depois de uma breve passagem por Massachussetts. “Em uma visão, Deus me mostrou uma casa grande, com piso de madeira, e uma sala bastante comprida. Ele me disse que ali eu moraria, e naquela sala nasceria uma igreja. Isso se cumpriu! Encontramos a casa, Deus foi mandando gente e as pessoas se consolidaram. Hoje já colecionamos muitas vitórias daquele pequeno ministério. Até agora foram 13 batismos genuínos, e já existem outros sendo preparados”.

Recentemente foi lançado o CD “Julio & Giuliana”, terceiro álbum do pastor e, desta vez. com músicas compostas em inglês por sua filha Giuliana Evangelista. Motivo de muita festa, pois seus dois filhos são frutos de uma gravidez impossível. “Deus deu o impossível para nós. Minha esposa não poderia ter filhos aos olhos da medicina. Mas o médico dos médicos pensou diferente e agiu com misericórdia sobre nossas vidas, nos presenteando com uma moça linda, Giuliana (13), e um garotão, Daniel (4), cheio de vida e saúde”, comenta, cheio de gratidão a Deus.

Julio e Giuliana capa CD

O ministério cresce a cada dia e a igreja já está prestes a se mudar novamente, para expandir seus horizontes. “É um trabalho desafiador, de muita ousadia e fé. Muitos frutos instantâneos, e frutos sazonais. É uma invasão do território inimigo, tomando de volta o que é de Deus, as almas. É um trabalho que de fato não possui fins lucrativos, até por que se fosse esta a razão, já teríamos desistido há muito tempo”.

Hoje Júlio Cesar Evangelista pastoreia a Igreja Nova Aliança com a ajuda de sua esposa, pastora Luciana Evangelista. Juntos, eles estão envolvidos em mais um projeto: escrevem um livro contando a difícil, porém vitoriosa, história de seu ministério.

Por Roddes Valadão /De Newark NJ para GN1 TV (site)
Fotos: Roseli Alves

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades no seu e-mail